Mostrando postagens com marcador #BRASIL. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador #BRASIL. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 1 de julho de 2022

Clínica médica Gianoto revoluciona o mercado da beleza em Alphaville

 CONTEÚDO ESPECIAL 

Aparelhos de estética ultramodernos e equipe multiprofissional integrada.

Foto: DINO / DINO

Gianoto investe no atendimento integrado de uma equipe de profissionais experientes e aparelhos de ponta para procedimentos faciais, corporais e clínicos.


Tratamentos completos em um só lugar. "Nosso grande diferencial é a assistência profissional e confiável, onde o paciente será acompanhado por profissionais especializados, do diagnóstico até a finalização.

A transparência nos resultados e a assistência caso a caso é o alicerce da nossa empreitada", explica o Doutor Luiz Teixeira da Silva JuniorPatologista Clínico e CEO da GianotoMorador de Alphaville há 15 anospós graduado em captação e transplantes de órgão e tecidos pelo hospital israelita Albert Einstein realizar tratamentos completos.  Através de seus conhecimentos iniciou a Gianoto, clínica de moldes internacionais.

Os procedimentos faciais vão desde limpeza de pele a peelings, carboxiterapia, lasers, preenchimento, criolipólise, toxina botulínica aos inovadores Lasers Ndyag que reduzem poros e tratam vasinhos. Estrias, celulite, flacidez, gordura localizada, remoção de tatuagens, reposição de volumes, depilação a laser e rejuvenescimento íntimo feminino estão na mira dos tratamentos corporais. "Trouxemos aparelhos como o CoolSculpting®, que resfria as células adiposas e processa a gordura, o UltraformerIII que promove o efeito lifting, reduzindo flacidez e gordura localizada; o Spectra XT, de laser pulsado; o Mediostar - para depilação em qualquer tipo de pele; além de muitos outros revolucionando assim o atendimento aqui na região", anuncia Teixeira.

A equipe composta médicos, biomédicos, dentistas e fisioterapeutas "Queremos promover a longevidade, acreditamos na autoestima, valorizamos a individualidade da beleza e o bem-estar aliado à saúde", resume o Dr. Luiz Teixeira ".

A Clínica Gianoto fica na Alameda Araguaia, 910 - Alphaville Industrial - Barueri.

Agendamento de consultas através do telefone 4191-0828 – 97574-9514

quinta-feira, 23 de junho de 2022

Vinhos brasileiros conquistam medalhas em uma das maiores premiações do mundo

RECONHECIMENTO

Associação Brasileira de Enologia - ABE

A produção brasileira de vinho recebeu medalhas em uma das maiores premiações do mundo: a Decanter World Wine Awards. Promovido pela revista inglesa Decanter, o concurso chegou a sua 19 ª edição em 2022, trazendo para o Brasil 70 medalhas para vinhos e espumantes. Os vinhos receberam 16 medalhas de prata e 54 de bronze. Já os espumantes foram premiados com 10 medalhas de prata e 26 de bronze.

Sendo uma das mais buscadas pelos turistas amantes da bebida, especialmente durante a Vindima, época de colheita da uva, que acontece entre janeiro e março, a Serra Gaúcha foi a região brasileira mais premiada, liderando o ranking nacional com 38 medalhas. Além dela, também foram premiados as Serras do Sudeste, da Mantiqueira, o Planalto Catarinense, a Região da Campanha e os Campos de Cima da Serra. Entre os sabores de vinhos que receberam as medalhas estão o branco, o tinto e o rosé.

Os premiados foram classificados nas categorias Best in Show e com medalhas de platina, ouro, prata e bronze. Nesta edição, a competição contou com 18.244 vinhos julgados de 54 países. Quase 300 especialistas internacionais em vinho se reuniram em Londres, na Inglaterra, para a primeira rodada de julgamento. Os vinhos foram degustados até cinco vezes antes de receberem as premiações.

VINHO NO TURISMO

O vinho brasileiro é um importante propulsor da economia turística. O enoturismo, segmento do turismo gastronômico voltado para conhecer e apreciar o universo do vinho, é bastante praticado, principalmente na Região Sul do país. Além da Serra Gaúcha, outras cidades do país também são conhecidas pela prática de enoturismo. A revista Decanter apontou, por exemplo, alguns destinos como Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP).

O vinho também foi uma das cadeias produtivas contempladas na primeira edição do projeto Experiências do Brasil Rural, do Governo Federal, por meio de parcerias entre os ministérios do Turismo e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, com a Universidade Federal Fluminense (UFF), voltada ao desenvolvimento do turismo em áreas rurais.

Com informações do Ministério do Turismo.

sábado, 26 de fevereiro de 2022

ONG Dom Saúde realiza mudanças no Hospital Municipal de Urgências

 SAÚDE 

A Dom Saúde, organização sem fins lucrativos na área de gestão de saúde e administração hospitalar investe no atendimento aos pacientes do Hospital Municipal de Urgências com reformulação de todo o parque tecnológico e infraestrutura do hospital .


Foto: Divulgação/DINO 



Folha Vitória

FOLHA VITÓRIA

Com mais de dois anos de existência, sabe-se como evitar a propagação do coronavírus, assim como, concebe-se que o vírus é facilmente inativado e que existem quase 200 artigos científicos para consulta, além de mais de 8 projetos sobre o novo vírus, assim como, mais de 80 ensaios clínicos com antivirais em desenvolvimento. Isso tudo para explicar que, através dessa situação pandêmica, existe um grande trabalho científico e esforço de toda a comunidade médica.

E, com todo esse pano de fundo, ou seja, em meio à turbulência da pandemia do Covid-19 e suas variantes, surgiu nestes últimos três meses, o H3N2 juntamente com a dengue e, ainda, através de um grande movimento de pacientes, a Dom Saúde vem realizando diversas mudanças para atender as necessidades do usuário.

A Dom Saúde, uma organização sem fins lucrativos que atua na gestão de serviços de saúde e administração hospitalar, nestes últimos 3 meses vem prestando serviço ao HMU - Hospital Municipal de Urgências, onde vem atendendo seus pacientes através da reformulação de todo o seu parque tecnológico e toda a infraestrutura do hospital.

A manutenção hospitalar é de suma importância e tem como objetivo principal garantir que os ativos desempenhem suas funções em sua capacidade máxima, sempre tendo como foco, a segurança do paciente. Para tanto, a Dom Saúde investiu forte neste quesito, reformulando toda a infraestrutura, como pintura, troca da iluminação, troca do gradil de proteção a evasão de pacientes, gerando segurança para os médicos e funcionários. Com relação a materiais e suprimentos médicos, tem sido abastecido com estoque para aguentar e suportar mais de três meses. Também, a troca de todos os vidros quebrados em toda a unidade hospitalar. E, colocação de longarinas de aeroporto ao invés de bancos rasgados em toda a recepção, com a finalidade de diminuir a taxa de infecções e o controle de CCIH (Comissão de Controle de Infecção Hospitalar) são apenas alguns deles.

Fonte: Folha Vitória 


segunda-feira, 27 de julho de 2020

Tragédia do Ninho: Flamengo anuncia acordo com mais uma família

ESPORTES
Acidente aconteceu há um ano e meio e deixou 10 mortos e três feridos
© Alexandre Vidal/Flamengo/Direitos Reservados


Sem detalhes sobre valores, o vice-presidente geral e jurídico do Flamengo, Rodrigo Dushee de Abranches, confirmou pelo Twitter que o clube carioca fechou acordo com os representantes legais de Samuel Thomas, um dos 10 jovens mortos na tragédia do Ninho do Urubu, em fevereiro de 2019. “É verdade. Fechamos com mais uma família. Contudo, nos foi pedida máxima discrição”, publicou Dushee nesta segunda-feira (27) nas redes sociais. A Agência Brasil procurou a Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro, que representava o garoto de 15 anos, mas não obteve nenhuma resposta até o momento.


Este é o sétimo acordo envolvendo indenizações às vítimas. O incêndio no Centro de Treinamento do Flamengo matou 10 adolescentes e deixou feridos outros três.
Edição: Fábio Lisboa

FONTE: AGÊNCIA BRASIL

Pesquisa do Instituto Paraná aponta reeleição de Jair Bolsonaro em primeiro turno

POLÍTICA
Levantamento do Paraná Pesquisas coloca o atual presidente como principal candidato nas eleições de 2022

Pesquisa aponta reeleição de Bolsonaro em 2022, mas Moro e Lula ...

(Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

Pesquisa de intenção de voto aponta o atual presidente como favorito para ser reeleito em 2022, desbancando seis possíveis candidatos. O cientista político, Juliano Domingues, avalia essa pesquisa.


Um levantamento sobre intenção de voto nas eleições presidenciais de 2022 feito pelo Instituto Paraná Pesquisas, divulgado nesta sexta-feira, aponta que o atual presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), é o favorito para subir a rampa do Palácio do Planalto novamente. Apesar disso, nomes como Sergio Moro (sem partido) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ameaçam o chefe do Executivo, conforme mostram os cenários apresentados.

No primeiro cenário, sem Lula, mas com Moro, Bolsonaro venceria o primeiro turno com 29%, seguido pelo ex-ministro da Justiça e da Segurança Pública, que receberia 17,1% dos votos. “Substituto” de Lula neste cenário, Fernando Haddad (PT) ficaria em terceiro, com 13,4%. Ciro Gomes (PDT), Luciano Huck (sem partido), João Doria (PSDB) e João Amoedo (Novo), Guilherme Boulos (Psol) e Wilson Witzel (PSC) aparecem em seguida no ranking. 

No segundo cenário, com Lula no lugar de Haddad, Bolsonaro segue vencedor em um primeiro turno, com 27,5%. O ex-presidente da República ocupa o segundo lugar, com 21,9%, seguido por Moro, Ciro, Doria, Amoedo, Marina Silva (Rede), Witzel e Boulos.

Nos dois cenários, também chama a atenção a quantidade de indecisos. No primeiro, 4,9% não sabem e 10% escolhem nenhuma das opções. Já no segundo, 4,6% não sabem e 9,5% não escolhem nenhum dos ofertados.

Já no segundo turno, de forma induzida, Bolsonaro vence todos os candidatos. Contra Lula, o atual presidente vence com 45,6% contra 36,4%. Já diante de Moro, Bolsonaro seria eleito com 44,7% contra 35%.
A pesquisa foi realizada entre o último sábado e a última terça-feira, dias 18 e 21 de junho deste ano, por meio de entrevistas telefônicas com eleitores em 26 estados e Distrito Federal e em 188 municípios. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

Na bronca


Apesar da reeleição em todos os cenários, Bolsonaro não tem agradado em seu primeiro ano de gestão como presidente. Ainda segundo os dados da pesquisa divulgada nesta sexta, 38% avaliam a gestão como ruim ou péssima, enquanto 34,3% acham boa ou ótima. Outros 25,8% avaliam como regular, e 2% não sabem responder.

Já a administração de Bolsonaro é desaprovada pela maioria, com 48,1%. Entretanto, ela é aprovada por 47,1% dos ouvidos. Outros 4,8% não sabem responder.

FONTE: ESTADO DE MINAS

Judiciário não pode substituir responsáveis por política pública na epidemia, diz Toffoli

JUSTIÇA
Em pleno funcionamento desde o início da epidemia, o Judiciário brasileiro deu respostas adequadas aos questionamentos relacionados à crise e se adaptou satisfatoriamente à nova realidade, com desenvolvimento tecnológico. Para que atue bem, precisa de prudência e autocontenção, pois não pode substituir o papel dos responsáveis por definir políticas públicas de combate à crise sanitária.
Ministro Dias Toffoli participou da abertura do Congresso Digital da OAB
Giovanna Bembom
Essa foi a mensagem passada pelo presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça, ministro Dias Toffoli, na abertura do Congresso Digital da OAB, na manhã desta segunda-feira (27/7). Em palestra por videoconferência, ele exaltou os esforços feitos por todos os atores do sistema de Justiça, mas também pediu cautela.
"É fundamental que o Judiciário atue, mas que também tenhamos atuação com prudência e autocontenção para que não substituamos aqueles que têm o poder legítimo da democracia para estabelecer políticas públicas necessárias ao combate à pandemia", disse o ministro Toffoli.
Nesse contexto, exaltou a atuação do CNJ na definição de diretrizes a serem seguidas pelo Judiciário e cobrou observância das orientações técnicas e científicas, para evitar decisões divergentes sobre temas idênticos. "Esse é o grande desafio do sistema de Justiça", destacou o presidente.
O ministro também destacou os números enfrentados pelo Supremo Tribunal Federal no combate à epidemia da Covid-19. Desde 12 de março, quando decretou suas primeiras medidas de restrição, a corte julgou colegiadamente 6.927 processos. Chegaram ao STF até o momento 4.010 casos diretamente ligados à crise, com 3.968 decisões tomadas.
"Devemos permanecer unidos na busca por soluções para a superação da crise e que recoloque o país na trilha do desenvolvimento econômico e social", disse o ministro, ao citar os objetivos da República definidos no artigo 3º da Constituição Federal. "Quando a política falha, a parte jurídica vem na defesa do cumprimento dos mandamentos constitucionais", concluiu.
Presidente do Conselho Federal da OAB, Felipe Santa Cruz abriu o Congresso Digital
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Reforma tributária
Ainda durante seu pronunciamento, o ministro Dias Toffoli exaltou a necessidade da realização da reforma tributária para a superação da crise. Há dois projetos tramitando no Congresso, e recentemente o governo Bolsonaro enviou uma terceira proposta, parcial e para ser considerada em conjunto com as demais.
"Precisamos de um sistema baseado na simplicidade, que simplifique questões técnicas para diminuir a litigiosidade. Que tenha previsibilidade e seja adequado à realidade tecnológica do comércio digital. Será fundamental para aumentar a segurança e atrair investimentos. Para se ter segurança jurídica, é necessário ter clareza normativa jurídica", disse o presidente do STF.
A proposta enviada pelo governo não agradou a setores da economia, o que foi ressaltado na fala do presidente do Conselho Federal da OAB, Felipe Santa Cruz, ao abrir o Congresso Digital. Ele criticou a ideia de unificar PIS e Cofins, com aumento da alíquota para 12%. E criticou o governo, por se esquivar de participar do debate e depois apresentar projeto inaceitável. "É o Robin Hood às avessas", disse.
"Para um grande número de contribuintes, a alíquota saltaria de 3,65% para 12% sem qualquer transição. Tem um tratamento privilegiado às instituições financeiras em completa afronta à isonomia. A falácia do governo de que o custo poderia ser repassado ao consumidor final parece desconhecer a possibilidade de isso acontecer em um quadro de restrição ao consumo. Além de desconsiderar o impacto para o consumidor", apontou.

FONTE: CONJUR  Revista Consultor Jurídico

quarta-feira, 8 de julho de 2020

Jair Bolsonaro toma hidroxicloroquina em vídeo e diz: ‘Está dando certo’

BRASIL
Mesmo admitindo que o medicamento não tem eficácia comprovada, o chefe do Planalto foi às redes sociais e disse que está bem
Jair Bolsonaro toma hidroxicloroquina em vídeo e diz: 'Está dando ...
Presidente Jair Bolsonaro Facebook/Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, em vídeo divulgado nas redes sociais no começo da noite desta terça-feira, 7, que o tratamento contra o coronavírus “está dando certo” e tomou um comprimido de hidroxicloroquina.Mesmo admitindo que o medicamento não tem eficácia comprovada, o chefe do Planalto disse que está bem: “Estou tomando aqui a terceira dose de hidroxicloroquina. Estou me sentindo muito bem. Estava mais ou menos no domingo, mal na segunda-feira… Mas hoje, terça, estou muito melhor do que sábado. Então… Com toda certeza está dando certo”.


”Sabemos que hoje em dia existem outros remédios que podem ajudar a combater o coronavírus, sabemos que nenhum tem a sua eficácia cientificamente comprovada, mas mais uma pessoa que está dando certo”, completou, fazendo uma referência a si próprio logo após tomar um copo de água para engolir o medicamento. “Eu confio na hidroxicloroquina, e você?”, perguntou.

Bolsonaro confirmou que o teste que fez para saber se havia contraído a Covid-19 deu positivo. O presidente relatou ter tido febre de 38 graus e dores no corpo. Ele também disse que fez uma radiografia e que o pulmão “estava limpo”. Jair Bolsonaro tem 65 anos e faz parte da faixa etária considerada por especialistas como grupo de risco.

FONTE: VEJA

quarta-feira, 18 de março de 2020

Alcolumbre contraiu coronavírus, informa assessoria

POLÍTICA
De acordo com nota, primeiro exame do presidente do Senado deu resultado negativo, mas novo teste deu positivo. Assessoria informou que ele está bem e sem sintomas severos.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre — Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado
A assessoria de imprensa do Senado informou nesta quarta-feira (18) que o presidente do Congresso, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), contraiu o novo coronavírus.
De acordo com a assessoria, o primeiro teste ao qual ele foi submetido deu negativo, mas, na noite desta terça (17), o presidente do Senado fez um novo exame, que deu resultado positivo.
"Davi Alcolumbre, no entanto, está bem, sem sintomas severos, salvo alguma indisposição, e segue em isolamento domiciliar, conforme determina o protocolo de conduta do Ministério da Saúde e a OMS", acrescentou a assessoria.
Além de Alcolumbre, outros parlamentares foram diagnosticados com o novo coronavírus, entre os quais o senador Nelsinho Trad (PSD-MS) e o deputado Cezinha de Madureira (PSD-SP).

Reunião dos poderes

Na última segunda (16), Davi Alcolumbre participou de uma reunião com representantes de todos os poderes para discutir medidas de combate ao novo coronavírus.
Participaram do encontro o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli; da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ); além do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

Íntegra

Leia a íntegra da nota divulgada pelo Senado:
Nota à imprensa
Depois de o primeiro exame dar negativo, o presidente do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre, refez o exame na noite de ontem (17) e, nesta quarta-feira (18), atestou positivo para Covid-19.
Davi Alcolumbre, no entanto, está bem, sem sintomas severos, salvo alguma indisposição, e segue em isolamento domiciliar, conforme determina o protocolo de conduta do Ministério da Saúde e a OMS.
Assessoria de Imprensa da Presidência do Senado

FONTE: G1

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Cielo prevê crescimento de 5% a 7% do volume financeiro no Brasil em 2018

ECONOMIA
Resultado de imagem para Cielo prevê crescimento
FOTO: REPRODUÇÃO INTERNET

A Cielo CIEL3.SA>, a maior companhia de meios de pagamento do país, previu crescimento entre 5 e 7 por cento no volume financeiro no Brasil neste ano, de acordo com fato relevante divulgado nesta sexta-feira.
Já os custos e gastos totais, incluindo Cateno, devem subir de 2 a 4 por cento. A empresa também projeta investimentos entre 300 milhões e 400 milhões de reais com a compra de terminais de captura.

FONTE: REUTERS