Mostrando postagens com marcador Brasil. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Brasil. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 13 de julho de 2021

"Estamos perfeitamente alinhados", afirma Bolsonaro após crise

 BRASIL

Presidente da República se encontrou com Luiz Fux, presidente do Supremo Tribunal Federal, nesta segunda-feira (12) em Brasília

FOTO: REPRODUÇÃO PORTAL BR7


Após encontro com o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Luiz Fux, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta segunda-feira (12) que os Poderes estão “perfeitamente alinhados” e que tem problema apenas com o ministro Luís Roberto Barroso, presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

“Até falei para ele, como hoje de manhã no cercadinho, que uma das minhas atividades da manhã é rezar o pai nosso, em que no final fala que é para perdoar as nossas ofensas e os ofendidos. Então foi basicamente essa a conversa. Estamos perfeitamente alinhados. Respeitosos para com a Constituição. E cada um se policiar dentro do seu poder no tocante aos limites. E nós, do Poder Executivo, não pretendemos sair desses limites”, afirmou Bolsonaro.

Na semana passada, o atual inquilino do Palácio do Planalto voltou a falar sobre fraude no processo eleitoralameaçou as eleições de 2022 e criticou Barroso. O presidente do TSE é contra o voto impresso, sistema que é defendido por Bolsonaro e é analisado atualmente por uma comissão na Câmara dos Deputados.

As declarações de Bolsonaro dos últimos dias geraram reações de outros Poderes. O presidente do Congresso, senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG), afirmou que não admitirá atentado a sua independência, e o TSE publicou uma nota lembrando que tentativa de impedir eleição configura crime de responsabilidade.

Para arrefecer os ânimos, Bolsonaro se reuniu com o presidente do STF nesta segunda, disse que respeita os limites constitucionais e que seu único problema é com Barroso. Na ocasião, o presidente defendeu novamente o voto impresso e relatou que o ministro Paulo Guedes, da Economia, afirmou que possui R$ 2 bilhões em caixa para comprar máquinas de impressão do voto para a eleição do ano que vem.

Bolsonaro comentou, ainda, o ofício, feito pelo TSE, para que apresente provas em relação as suas falas de que houve fraude na eleição de 2014, quando a petista Dilma Rousseff ganhou do tucano Aécio Neves. Na época, o mineiro contestou o resultado, mas depois reconheceu a vitória de sua adversária.

“O TSE fez um pedido para eu apresentar a provas, e assinei agora há pouco pedindo um prazo maior, até para essa pessoa né, que tem coragem agora, saber dos riscos, e apresentar essas provas, que ele me apresentou há seis meses. Especialista. Mas vai vir a resposta”, disse Bolsonaro.



FONTE: R7

quarta-feira, 16 de junho de 2021

AstraZeneca anuncia que seu tratamento para a Covid-19 falhou

COVID-19

O tratamento com anticorpos pretendia prevenir e tratar a doença, mas não deu resultado como se esperava

AstraZeneca anuncia que seu tratamento para a Covid-19 falhou

Tânia Rêgo/Agência Brasil
AstraZeneca anuncia que seu tratamento para a Covid-19 falhou

O grupo farmacêutico AstraZeneca anunciou, nesta terça-feira (15), que seus estudos para um tratamento contra a Covid-19 não apresentou resultados positivos. O tratamento com anticorpos, denominado AZD7442, pretendia prevenir e tratar a doença, mas não se provou eficaz.

"O teste não alcançou o objetivo principal de prevenir os casos sintomáticos de covid-19 depois da exposição ao vírus", afirmou a AstraZeneca em um comunicado.

O estudo estava na fase 3 de desenvolvimento, o que significa que os testes clínicos em larga escala, para medir a segurança e eficácia, estavam sendo realizados.

1.121 participantes adultos, com mais de 18 anos, que não estavam vacinados contra a Covid-19, foram expostos a uma pessoa infectada durante os oito dias. O tratamento reduziu o risco de desenvolver Covid-19 com sintomas apenas em 33% dos participantes.

Os testes para avaliar o remédio em pacientes antes da exposição ao vírus e nas pessoas que desenvolveram formas graves continuam.

A pesquisa para o tratamento é financiada pelo governo dos Estados Unidos, que assinou acordos com a AstraZeneca para receber até 700 mil doses este ano.


quarta-feira, 21 de outubro de 2020

Brigadeiro Gourmet Tradicional

 RECEITAS



Ingredientes:
1 lata de leite condensado
2 gemas
1 colher de sopa de manteiga extra sem sal
50 gramas de chocolate em pó (gosto de usar o dois frades na Nestlé)
200 gramas de granulado de boa qualidade, ou raspas de chocolate ao leite


Modo de preparo do Brigadeiro Gourmet Tradicional:
Misture todos os ingredientes e leve ao fogo baixo até que o brigadeiro se solte da panela, coloque a massa em um prato untado com manteiga. Espere esfriar e forme as bolinhas, passe no granulado ou nas raspas de chocolate, depois coloque nas forminhas.

FONTE: ACADÊMIA DOS CONFEITEIROS

segunda-feira, 28 de setembro de 2020

Hyundai inicia exportação do Brasil para Argentina

AUTOMÓVEL

Primeiro modelo exportado é o SUV compacto Creta, em três versões exclusivas para o mercado local.

       [Fotos: Divulgação]


Importante parceiro comercial do Brasil, a Argentina passa a integrar a lista de países da América do Sul que recebem veículos produzidos pela fábrica da Hyundai, em Piracicaba (SP). Considerada desde a renovação do acordo automotivo entre Brasil e Argentina em 2019, a operação foi concluída depois da autorização por parte dos governos dos dois países, com vigência até o fim deste ano.

O modelo escolhido para a primeira exportação foi o SUV compacto Creta, que chega à Argentina. Com volume total que deverá ultrapassar 450 unidades em 2020, o início das vendas locais está previsto para a segunda quinzena de outubro.

O Hyundai Creta será oferecido em três versões exclusivas para o mercado argentino, todas equipadas com motor a gasolina 1.6l de 123 cv, acoplado sempre ao câmbio automático de seis velocidades. Todos os modelos trazem como itens de série a central multimídia blueMedia® com tela de 7 polegadas sensível ao toque e conectividade com Apple CarPlay® e Google Android Auto®, rodas de liga leve de 16 polegadas e controle de estabilidade e tração, entre outros equipamentos.

Atuando no mercado argentino há mais de 25 anos, a Hyundai Motor Argentina será responsável pelas vendas do Creta localmente. Com 35 concessionárias distribuídas em todo o país, a importadora, que é referência com a marca Hyundai no segmento de SUVs, comercializa também os veículos Kona, Tucson, Santa Fe, Ioniq Hybrid e os comerciais H1, HD-78, HD-65 e H350.


FONTE: MERCADO DO AUTOMÓVEL PARA PCD

terça-feira, 21 de janeiro de 2020

Vírus letal da febre hemorrágica ressurge no Brasil após 20 anos

SAÚDE

Vírus reaparece depois de 20 anos no Brasil (Foto: Reprodução/ Boletim Epistemológico Estado de São Paulo)


Depois das últimas notícias internacionais, vindas do continente asiático, que relatavam o surgimento de um novo vírus na China, agora, é no Estado de São Paulo que um vírus chama atenção — mas, nesse caso, pelo reaparecimento de uma doença que há muito não se falava a respeito: a febre hemorrágica, extinta desde o ano de 1999.
No interior paulista, na cidade de Sorocaba, um paciente morreu devido a complicações da doença, no dia 11 de janeiro. No caso, foi identificado um novo vírus da família Arenavírus e do gênero Mammarenavirus, conhecido como o vírus Sabiá.
Até então, o último relato de um caso de febre hemorrágica, no país, foi há mais de 20 anos. Antes desse registro, somente outros quatro casos foram confirmados como febre hemorrágica viral no Brasil, sendo três desses casos adquiridos em ambiente silvestre, no estado de São Paulo, e um por infecção em ambiente laboratorial, no Pará.
A confirmação do novo caso é considerada como um evento de saúde pública grave. Isso porque a doença é extremamente rara e de alta letalidade.
Considerado extinto, vírus faz uma vítima fatal no estado de São Paulo (Foto: Reprodução/ UNSW Science)

Entenda os riscos

O vírus tem um longo período de incubação, que é em média de sete a 21 dias, e se inicia com febre, mal-estar, dores musculares, manchas vermelhas no corpo, dor de garganta, no estômago e atrás dos olhos, dor de cabeça, tonturas, sensibilidade à luz, constipação e sangramento de mucosas, como boca e nariz, ou seja: uma longa lista de sintomas.
Além disso, a evolução da doença pode resultar em comprometimento neurológico, como confusão mental, alteração de comportamento e convulsão.
No caso do paciente da cidade de Sorocaba, a percepção entre o início dos sintomas (30/12/19) e o óbito (11/01/20) se deu em menos de duas semanas. Nessa história, um ponto importante, causado pela raridade da infeção, é que o paciente passou por três hospitais diferentes até obter um diagnóstico.
Em busca de uma resposta, foram realizados exames para identificação de doenças mais comuns, como febre amarela, hepatites virais, leptospirose, dengue e zika. No entanto, só em exames complementares, no Laboratório de Técnicas Especiais do Hospital Albert Einstein, que se identificou o arenavírus, causador da febre hemorrágica brasileira.
O Ministério da Saúde classifica a situação como um "evento de saúde pública grave". E de acordo com protocolos internacionais estabelecidos, a Organização Mundial de Saúde (OMS) e a Organização Pan-americana da Saúde (OPAS) já foram notificadas sobre o reaparecimento do vírus.
Próximos passos

Por enquanto, não está confirmada a origem da contaminação do paciente. Suspeita-se nos casos de arenavírus que as pessoas contraiam a doença através da inalação de partículas, formadas a partir da urina, fezes e saliva de roedores infectados.
A transmissão dos arenavírus de pessoa a pessoa pode ocorrer quando há contato muito próximo e prolongado, quando não são utilizados equipamentos de proteção, através do contato com sangue, urina, fezes, saliva, vômito, sêmen e outras secreções ou excreções do paciente.
O tratamento é de suporte conforme a sintomatologia do paciente, com drogas específicas, como a ribavirina. Acredita-se que outros arenavírus também são sensíveis a esse antiviral.
Os funcionários dos hospitais por onde o paciente passou estão sendo monitorados e avaliados, assim como os familiares do caso confirmado em São Paulo.

Fonte: Ministério da Saúde e Boletim Epistemológico do Estado de São Paulo

domingo, 6 de outubro de 2019

Seleção masculina vence o Irã e sustenta liderança da Copa do Mundo

ESPORTES
Em jogo equilibrado, Brasil venceu por 3 a 1, mantendo a invencibilidade na competição

Foi com emoção nos finais dos sets. Mas, com um jogo muito bem distribuído - quatro jogadores terminaram a partida com mais de 10 pontos -, a Seleção Brasileira Masculina de vôlei derrotou o Irã por 3 sets a 1 - parciais de 25-27, 25-21, 27-25, 25-22 -, na madrugada deste domingo, na cidade japonesa de Nagano, pela quinta rodada da Copa do Mundo do Japão.
Ataque de Alan diante do Irã (FIVB Divulgação)
Ataque de Alan diante do Irã (FIVB Divulgação)
Foto: Lance!e a liderança da competição, agora com 15 pontos. Na cola estão Estados Unidos e Polônia, com quatro vitórias e uma derrota cada.
A Copa do Mundo para agora por três dias para as seleções trocarem de sede. O Brasil vai para Hiroshima, onde enfrenta a Argentina, na madrugada de quarta-feira, às 2h (horário de Brasília), com transmissão pelo SporTV 2.
Leal e Alan foram os maiores pontuadores do Brasil, com 16 pontos. Lucão marcou 14 e Lucarelli, 12.
O Irã entrou em quadra com um time bem diferente daquele que o Brasil está acostumado a jogar, com jogadores mais novos, deixando o experiente levantador Marouf e o oposto Amir Ghafour no banco. Entre os destaques, o ponteiro Amir Esfandiar, de apenas 20 anos - campeão Mundial Sub-19 em 2017 e novamente do Mundial Sub-21 deste ano - que marcou 13 pontos, além de Yali, eleito o MVP no Mundial Sub-23 de 2015.
- Estamos felizes pois precisávamos destes três pontos. Creio que a seleção iraniana tem uma geração boa, criando um mix entre os jogadores mais jovens e os mais experientes. Eles formam uma grande time e nunca é fácil enfrentá-los. Fizemos um bom trabalho aqui em Nagano, mas temos de melhorar. Desperdiçamos muitos contra-ataques - comentou o levantador e capitão Bruninho.


Lance!

quinta-feira, 3 de outubro de 2019

Maia diz que definição de recursos do pré-sal por meio de MP seria inconstitucional

POLÍTICA
Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Rodrigo Maia: o STF já decidiu que MP de tema orçamentário é inconstitucional
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse que seria inconstitucional o governo federal editar uma medida provisória para regular a divisão dos recursos do leilão do pré-sal, previsto para novembro.
“O Supremo Tribunal Federal já decidiu que medida provisória de crédito, de orçamento, é inconstitucional. Acho difícil o governo editar algo que vai dar problema depois. É o que eu avalio tecnicamente”, disse Maia.
O leilão foi viabilizado pela Emenda Constitucional 102, promulgada na semana passada. O governo espera arrecadar pelo menos R$ 106,5 bilhões.
Votação na CCJ
Maia cobrou a aprovação, pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ), da Proposta de Emenda à Constituição 152/19, que define a repartição dos recursos. A votação foi adiada para semana que vem após um pedido de vista.
A disputa está na divisão do dinheiro. O texto aprovado na Câmara previa a distribuição de 15% para estados e 15% para municípios, na forma da lei. O Senado alterou o texto para que a divisão seja feita nos termos do Fundo de Participação dos Estados (FPE) e do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). No entanto, não há acordo entre os estados sobre a divisão e a aplicação dos recursos.
Maia disse que, se o Senado tivesse aprovado o texto da Câmara, a discussão do repasse por meio de uma lei seria mais fácil. “O Senado resolveu mudar a nossa [proposta]. Se tivéssemos promulgado o texto da Câmara, nós estaríamos agora discutindo um projeto de lei – mais fácil do que discutir uma PEC. Mas é o que está dado, nós vamos trabalhar para tentar manter o texto do Senado”, declarou.
Discordância nos estados
O presidente da Câmara afirmou que, contra o texto do Senado, estão os governadores das regiões Sudeste, Centro-Oeste e Sul. Eles não seriam beneficiados pela repartição dos recursos por meio dos fundos de participação dos estados e dos municípios.
“Eu acho que não vai ser fácil isso, o ideal é tentar convencer os governadores das outras regiões de que o acordo que privilegiou Norte e Nordeste tem um peso importante e que nós vamos tentar construir outra forma [de acordo]”, afirmou o presidente da Câmara.
Os estados do Sul, Sudeste e Centro-Oeste querem R$ 4 bilhões de compensação por perdas de arrecadação com a desoneração de exportações (Lei Kandir).
Reportagem – Carol Siqueira
Edição – Pierre Triboli

FONTE: AGÊNCIA CÂMARA NOTÍCIAS

terça-feira, 1 de outubro de 2019

Trabalhadores já podem optar pelo saque-aniversário do FGTS

ECONOMIA
Resultado de imagem para saque aniversário fgts
FOTO: REPRODUÇÃO

Os trabalhadores já podem optar pelo saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A opção pode ser registrada no aplicativo do FGTS ou na página .
Essa modalidade de saque foi criada pela Medida Provisória nº 889/2019. Ao confirmar esta opção em um dos canais divulgados pelo banco, o trabalhador deixará de efetuar o saque em caso de rescisão de contrato de trabalho.
O primeiro saque será feito de acordo com um calendário:
Mês de Nascimento                Período de saque
Janeiro e fevereiro                    Abril a junho de 2020
Março e abril                             Maio a julho de 2020
Maio e Junho                            Junho a agosto de 2020
Julho                                         Julho a setembro de 2020
Agosto                                      Agosto a outubro de 2020
Setembro                                  Setembro a novembro de 2020
Outubro                                     Outubro a dezembro de 2020
Novembro                                 Novembro de 2020 a janeiro de 2021
Dezembro                                 Dezembro de 2020 a fevereiro de 2021

Segundo o vice-presidente de Fundos de governo e Loterias, Paulo Ângelo, o primeiro calendário de liberação do saque-aniversário foi feito para não coincidir com a liberação da outra modalidade “Estamos no calendário do pagamento do saque imediato com previsão de atendimento a 96 milhões de pessoas. Fizemos uma organização do atendimento de tal maneira a não confundir o saque imediato e o saque-aniversário”, disse.

FONTE:Agência Brasil

segunda-feira, 30 de setembro de 2019

Embaixada da China celebra em Brasília 70 anos de fundação da República

BRASIL
A Embaixada da República Popular da China no Brasil comemorou o 70º aniversário do triunfo da Revolução Popular, da fundação da República Popular da China e os 45 anos do estabelecimento de relações diplomáticas com o Brasil.
(Foto: Brasil 247)
A Embaixada da República Popular da China no Brasil comemorou em grande estilo em Brasília o 70º aniversário do triunfo da Revolução Popular, da fundação da República Popular da China e os 45 anos do estabelecimento de relações diplomáticas com o Brasil. O jornalista José Reinaldo Carvalho,  editor internacional do Brasil 247, esteve presente no evento realizado Centro Internacional de Convenções de Brasília, ocasião em que trocou cumprimentos e manteve diálogo com a equipe de diplomatas chineses acreditada no Brasil e realizou amplos contatos políticos com jornalistas, intelectuais e políticos brasileiros. 
Na ocasião, a Embaixada realizou também uma exposição temática sobre os êxitos do desenvolvimento alcançados pela China. 
Em seu discurso, o embaixador Yang Wanming exaltou os êxitos do seu país alcançados desde a vitória da Revolução em 1º de Outubro de 1949. Leia a íntegra,
"Bem-vindos à Recepção de hoje para comemorar o 70º aniversário da Fundação da República Popular da China e os 45 anos do estabelecimento das relações diplomáticas China-Brasil.
No dia 1º de outubro de 1949, foi declarada a fundação da República Popular da China, dando início a uma grande trajetória do rejuvenescimento da nação chinesa. Nas últimas sete décadas, sob a forte liderança do Partido Comunista da China e o esforço conjunto do povo chinês, a China passou de um país fechado, atrasado, pobre e fraco a ser uma nação pautada pela abertura e prosperidade, com uma influência internacional cada vez maior. Cria-se, assim, um milagre de desenvolvimento na história da humanidade. Sobretudo após o 18º Congresso Nacional do Partido Comunista da China, o Comitê Central do PCCh, que tem o presidente Xi Jinping como núcleo, tem persistido de forma resoluta e inabalável no aprofundamento da reforma e abertura e na modernização do sistema e da capacidade de governança do país.

Iniciamos uma nova trajetória que vai causar influências significativas e profundas, tanto no desenvolvimento pacífico da China como na prosperidade do mundo. Na recepção de hoje, realizamos uma exposição temática sobre os êxitos de desenvolvimento alcançados pelo nosso país e todos estão convidados a visitá-la.
FONTE: BRASIL 247

sexta-feira, 31 de maio de 2019

Ludmilla apresenta uma celebração de sua carreira no registro audiovisual “Hello Mundo”

MÚSICA

Resultado de imagem para LUDMILLA FOTO ATUAL
FOTO: REPRODUÇÃO  TV Foco

Hoje, definitivamente, Ludmilla é um dos maiores nomes do pop nacional. Nada melhor para celebrar uma trajetória de sucesso do que um grande show marcante. Com isso, saiu nesta sexta-feira (31) o “Hello Mundo”, primeiro registro audiovisual da cantora carioca.

Gravado na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro, na noite de 14 de fevereiro, Ludmilla apresentou uma setlist com seu repertório de sucesso, incluindo as marcantes “Hoje”, “Fala mal de Mim” e “Cheguei”. Ela também apostou em inéditas, incluindo parcerias, como as já conhecidas “Favela”, com Anitta, e “A Boba fui Eu”, com Jão. Também tem Simone e Simaria e Leo Santana.
Um dos momentos especiais é quando ela canta “Halo”, originalmente de Beyoncé. Para quem não se lembra, Ludmilla começou como MC Beyoncé, nunca negando sua inspiração. A faixa, inclusive, teve liberação autoral exclusiva para a brasileira.
Esse é um projeto antigo de Ludmilla. Ela fala sobre ele desde 2016 e a realização foi como um sonho. “Gente, eu to até agora em êxtase! A gravação do meu DVD que rolou depois de 7 anos de carreira, muita batalha e muitos shows, eu consegui realizar meu sonho de infância”, escreveu ela nas redes sociais, logo após o show. “Que noite foi essa meu Deus! Muito obrigada Deus por me permitir chegar tão longe, por me dar forças pra ultrapassar todas pedras que estavam no caminho e por me levantar todas as vezes que caí, sem o seu amor eu não sou ninguém”, completou.


FONTE: PORTAL POP LINE

domingo, 5 de maio de 2019

Bolsonaro rebate crítica de Burger King por vídeo do Banco do Brasil censurado

GOVERNO
Rede de fast food convoca para comercial participantes de vídeo do BB que foi retirado do ar a pedido do presidente

(foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil)
Em seu perfil no Twitter, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) reagiu à campanha do Burger King que convoca para vídeo publicitário participantes “de um comercial de banco que tenha sido vetado e censurado nas últimas semanas”.



A rede de fast food lançou ação de marketing em que critica a retirada do ar de propaganda do Banco do Brasil, que ocorreu após pedido de Bolsonaro. O único requisito era ter participado do comercial do banco.

Anúncio do Burger King recrutando elenco para comercial do fast food(foto: Reprodução Vídeo/Burger King)
Anúncio do Burger King recrutando elenco para comercial do fast food(foto: Reprodução Vídeo/Burger King)



FONTE: Estado de Minas
“Pode ser homem, mulher, negro, branco, gay, hétero, trans, jovem, idoso. Curtir fazer selfie é opcional. No Burguer King, todo mundo é bem-vindo. Sempre”, diz o vídeo de convocação, em referência direta à propaganda do BB, em que a selfie era um dos critérios para a abertura da conta por aplicativo. 
A propaganda mostrava jovens, a maioria negros, fazendo poses para tirar selfie do celular. Os atores dançam e fazem poses para a foto, simulando o uso do app do banco. 

Em reação à ação do Burger King, o presidente postou em seu Twitter: “Qualquer empresa privada tem liberdade para promover valores e ideologias que bem entendem. O público decide o que faz. O que não pode ser permitido é o uso do dinheiro dos trabalhadores para isso. Não é censura, é respeito com a população brasileira.”

Apoiadores de Bolsonaro também estão pedindo boicote ao fast food.